Pesquisar este blog

AVATICATA VIDEOS E PRODUÇÕES

Loading...

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

shape of things to come

Borges diz, em seu Livro dos sonhos, que não há forma neste mundo que não possa encerrar o horror. Na verdade, acho que toda forma é um receptáculo vazio de significação à espera do homem, uma espera velada, uma espera que na verdade é já um preenchimento. O próprio conceito de forma é um preencher.

Injetamos o veneno, queremos que seja antídoto, a dose é um mistério do empirismo e a própria graça.

Meu vagão está vazio, as coisas passam rápido pela janela e ainda consigo ouvir a música que aos poucos vai sumindo. A trupe percorre a máquina, toca pra quem quiser, mas não pára, pula de carro em carro. Olho os trilhos e tenho pensamentos de morte. Quero ir atrás do espetáculo, lá a finitude dança e ri, embriaga-se de si e quando desfalece é pra ressurgir.

Tenho a solidão por companhia e sonho com melodias leves.

Nenhum comentário: