Pesquisar este blog

AVATICATA VIDEOS E PRODUÇÕES

Loading...

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Emancipação

Badi Assad não é Vanessa da Matta, graças a deus (mera expressão). É bom achar uma artista com personalidade, com talento, de fato. Badi tem completo domínio de sua voz, sendo capaz de tirar sons de percussão através de pequenos tapas nas bochechas, por exemplo, ou estalando a língua. A coisa toda é muito musical, não soa idiota. Tem uma voz linda.


Badi também toca muito bem, tanto que, segundo Jô Soares, a revista guitar player, mundialmente reconhecida (como se isso valesse um centavo), apontou-a, junto com Ben Harper e Tom Morello, como uma das promessas para o futuro da guitarra.


Eu não ligo muito pra isso, mas há quem ligue. Eu gosto da música. Do som. Das titulações, das disputas, das formalidades, não, deixo isso pra quem precisa.

Badi tem uma discografia curta, mas excepcional, pelo pouco que escutei. Agora, inclusive, estou ouvindo o Three Guitars, com participações de Larry Corryell e John Abercrombie. O som é muito limpo, muito gostoso de ouvir. A percussão é estalada, as cordas vibram com uma docilidade de pouca fita, num clima de bossa, chorinho, jazz... eu detesto nomes.

Badi Assad - Wonderland: http://www.4shared.com/file/36433560/22b042e9/Badi_Assad_-_Wonderland.html

Quem realmente curtir, vale a pena comprar o original pra dar uma força pro artista. Não se trata de uma popstar made in gravadora, mas uma artista muito competente que coloca sua arte à venda, como todos, mas com muito mais preocupação artística que a maioria, pode crer.

ps: créditos pra minha namorada que me indicou a dita cuja e que constantemente me traz pras coisas boas do Brasil, que eu sempre deixo de lado.



Rá!

Nenhum comentário: